Traduzir esta página

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

CONJUGANDO O AMOR



Quero te cantar em prosas
Te ornar de rosas
Te despir em versos
Te cobrir com verbos

Te conjugar por inteira
E conjurar honradez.
Te flexionar altaneira
Sem lhe causar estranhez.

No INDICATIVO:
(Presente)              Eu AMO você plenamente.
(Pretérito perfeito)   Eu AMAVA com saudade.
(Pretérito imperfeito) Eu AMEI inconsciente.
(Mais-que-perfeito)      Eu AMARA com intensidade.
(Futuro do presente)      Eu AMAREI a ti somente.
(Futuro do pretérito)         Eu AMARIA pela eternidade.
No SUBJUNTIVO:
(Futuro)                    Quando Eu AMAR com sabedoria,
(Presente)                   Que Eu AME a nossa alforria.
(Imperfeito)                     Se Eu AMASSE, já a teria.
No IMPERATIVO:
(Afirmativo)             Ama Tu com dedicação,
No GERÊNDIO:         Pois AMANDO não guarda ilusão,
No PARTICÍPIO:            Sendo AMADO de coração.


Em todos os tempos
Em minhas flexões
Em todos os verbos
Com minhas ações.

Que VOCÊ seja o objetivo
E que EU seja o sujeito
" Nós dois" o adjetivo
De um amor mais que perfeito

Num substantivo calor,
Ser o objeto completo!
Preposição deste amor.
 Artigo não!  Alfabeto!
Autor: Mozart Boaventura Sobrinho - Co-autoria: Meg Boaventura

Nenhum comentário:

Postar um comentário